Como lidar com a impotência sexual emocional e acabar com o problema

Como lidar com a impotência sexual emocional e acabar com o problema

A impotência sexual emocional tem se tornado cada vez mais comum nos dias de hoje. Por isso, preparamos esse artigo para mostrar algumas maneiras de lidar com ela.

Os casos de impotência sexual emocional estão se tornando cada vez mais comuns nos dias atuais. Eles são desenvolvidos por uma série de questões e problemas que podem afetar de maneira extremamente nociva a saúde mental e física das pessoas. Remédio para Impotência

Para que esse assunto fique mais claro, preparamos esse artigo com dicas de como lidar com a impotência sexual emocional e acabar de vez com o problema. Acompanhe e descubra.

Entenda mais sobre a impotência sexual emocional
A impotência sexual emocional é um distúrbio físico promovido por um problema de saúde psicológico. Algumas emoções geram altos níveis de adrenalina, neurotransmissor que impede os homens de terem ereções.

Quando essas emoções são constantes, o homem acaba desenvolvendo um quadro crônico de impotência sexual emocional. Normalmente esse problema costuma apresentar-se durante um período menor que 6 meses e o acompanhamento psicológico e em alguns casos, até medicamentos para ejaculação precoce são essenciais para a resolução desse problema.

Causas da impotência sexual emocional
São muitas as causas da impotência sexual emocional, e a maior parte delas está se tornando cada vez mais comum nos dias atuais. Prova disso é o grande aumento de casos desse problema em homens com idade entre 24 e 36 anos.

Normalmente, são homens que não apresentam nenhum quadro físico capaz de promover a impotência, e mesmo assim, encontram dificuldades em conseguir ereções e/ou mantê-las. As principais causas da impotência sexual emocional são:

Quadros de ansiedade;
Altos níveis de estresse;
Traumas pós-acidentes;
Medos relacionados ao fracasso sexual e possibilidade de humilhação;
Padrões estéticos exagerados;
Perda da libido;
Conflitos emocionais e amorosos;
Baixa autoestima;
Casos precedentes de abuso sexual;
Entre outros.
Tratamentos possíveis para a impotência sexual emocional
A melhor escolha de tratamento para esse tipo de problema é a psicoterapia. Nela, o paciente será capaz de expor sua rotina, seus problemas e medos e o profissional, por sua vez, poderá encontrar o fator motivacional principal da impotência sexual emocional e tratá-la mais assertivamente, apenas com uma boa conversa e o apontamento de soluções.

Em alguns casos, pode ser necessário que o paciente promova alterações em sua rotina, como a busca por uma profissão menos estressante, ou a prática de atividades capazes de tranquilizar o paciente como a meditação, por exemplo.

Já em outros casos, é possível que o profissional indique o uso de medicamentos estimulantes, associado ao tratamento psicológico. Essa possibilidade é mais comum em situações onde a impotência sexual emocional é promovida pelo medo de fracassar com a parceira.

Conheça alguns sinais comuns de impotência sexual emocional
Assim como a maior parte dos problemas de fundo emocional, a impotência também possui alguns sinais simples de serem detectados, e esses são:

Uso excessivo de pornografia;
Vício em aplicativos e sites de bate-papo e encontro;
Sensação constante de insegurança, raiva ou humilhação em um encontro;
Sentimento de ansiedade relacionado ao ato sexual;
Capacidade de se satisfazer mais com o sexo virtual do que com o real;
Preferência ao isolamento social;
Quadro de depressão.
Homens em qualquer fase da vida podem apresentar problemas emocionais que levem ao surgimento da impotência sexual, e para provar isso existe uma pesquisa que aponta que 70% dos casos de impotência sexual são emocionais. Isso acontece porque, os pensamentos e sentimentos são fundamentais para um bom funcionamento geral do corpo. Não só apenas em relação a função sexual, mas, também outros quesitos.

Por isso, sempre que uma alteração de comportamento ou funcionamento orgânico, sem causa física aparente for detectada é importante que uma ajuda especializada seja procurada.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *